BOLETIM DA ATIVIDADE ECONÔMICA DE CERES – FEVEREIRO DE 2021


EMPREGO


Os dados do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, consolidou os números referentes ao ano de 2020.


No ano passado, ao longo dos 12 meses de 2020, as empresas de Ceres contrataram 131 pessoas, todavia, neste mesmo período, ocorreram em nossa cidade 136 demissões, portanto, fechamos com um saldo negativo de 5 vagas.


Como a população de Ceres cresceu 0,5% no ano passado, podemos afirmar que o município teria que ter gerado, no mínimo, 79 vagas além das 131 criadas para, pelo menos, suprir a demanda natural por novos empregos.


O setor que menos sofreu foi a indústria que fechou com saldo positivo de 10 vagas, o comércio terminou 2020 com saldo positivo de 3 vagas, o setor de serviços “empatou”, ou seja, a quantidade de gente contratada no setor de serviços foi a mesma da quantidade de gente demitida e o setor de construção foi o que mais sofreu, terminando o ano com saldo negativo de 18 empregos.


Em 31 de dezembro de 2020, o total de gente trabalhando com carteira assinada em Ceres era de 5.004 pessoas. Isso equivale a aproximadamente 48% da população economicamente ativa de nossa cidade.


NOVAS EMPRESAS


No mês de janeiro de 2021, segundo levantamento feito junto ao site Empresometro, foram abertas 69 novas empresas na cidade de Ceres, a grande maioria (56 empresas), é constituída por Micro Empreendedores Individuais.


Essa proporção reflete em grande medida o crescimento do desemprego no município que, certamente, está em alta.


Ceres contava com 2.797 empresas ativas em 31 de janeiro de 2020.


Estou trabalhando para levantar mais números atualizados para apresentar nos próximos boletins. Obrigado por acompanhar economicidade.com e até o próximo artigo!

Econ. Alexandre B. Marques