BOLETIM DA ATIVIDADE ECONÔMICA DE CERES – SETEMBRO DE 2021


RESUMO DA SITUAÇÃO: O crescimento da economia tem sido lento. Isso pode ser percebido pelo comportamento do ISSQN que não tem evoluído bem nos últimos três meses, registrando quedas sucessivas. Também é possível perceber o fraco desempenho da economia local observando o crescimento de consumo de energia. Apesar de ter crescido em agosto na comparação com julho, o crescimento acumulado do consumo em 2021 tem sido 0,1% maior do que o percebido em 2020, o que é pouco para representar crescimento real da economia. Não houve variação no total de empresas ativas, ainda assim, tem ocorrido geração de vagas de emprego, o que deve estar representando apenas a reposição dos postos de trabalho perdidos no início da pandemia. Em linhas gerais, pode-se dizer que a economia de Ceres vai levar mais tempo para se recuperar do que o desejado, sobretudo, em decorrência da alta da inflação que deve inibir o consumo e da crise hídrica que deve reduzir a capacidade de produção da indústria, afetando indiretamente os prestadores de serviços que atuam em nossa cidade.



LEGENDA:

01) ISSQN: Imposto sobre serviços de qualquer natureza. É cobrado pelo município. Como ele incide sobre a principal atividade econômica da cidade, quando há crescimento desse imposto, é sinal de que há crescimento da atividade econômica. FONTE: https://www.tcmgo.tc.br/pentaho/api/repos/cidadao/app/index.html

02) SALDO DE EMPREGO: Diferença entre a quantidade de pessoas admitidas (empregadas) e a quantidade de pessoas desligadas (demitidas) ao longo do mês. Quanto maior, melhor. FONTE: http://pdet.mte.gov.br/novo-caged

03) EMPRESAS ATIVAS: Total de CNPJ ativos considerando matriz e filial, atualizado diariamente pela Receita Federal. FONTE: https://datasebrae.com.br/

04) CONSUMO DE ENERGIA: Total de Kwh faturado pela Companhia Hidroelétrica São Patrício no decorrer do mês. FONTE: CHESP.

05) ND: Não disponível. Indica que o número em questão ainda não conta com dados oficiais disponíveis.

06) TENDÊNCIA: Aponta se o indicador está com tendência de alta [↗], tendência de baixa [↘] ou tendência de estabilidade [↔].


TENDÊNCIA DO PIB MUNICIPAL (VALOR NOMINAL)








Econ. Alexandre Bouças Marques

alexandrebmeconomista@gmail.com

Econ. Alexandre B. Marques